Páginas

11 de out de 2012

O maior problema de amar



Sabe qual o maior problema de amar? É saber que aquela pessoa pode fazer o que quiser com seu coração, destruir, pisar e jogar fora. E sabe qual o maior erro do ser humano? Acreditar que ainda existem pessoas diferentes, pessoas que não vão te fazer mal nunca.
A gente sofre uma vez, sofre de novo e nisso, acaba desistindo de realmente encontrar alguém que nos faça bem, que nos faça feliz, que seja sincero com a gente, que não vai nos machucar, que vai ser diferente. Mas tudo isso é maior ilusão e maior burrice do se humano, porque não existem mais pessoas que vão ser 100% sinceras com a gente, sem nunca mentir, sem nunca esconder nada... não existem mais pessoas com sentimentos puros e que confiem cegamente na gente da mesma forma que a gente confia nela. Não existem mais pessoas que vão dar tudo de si pra manter uma relação, pra não magoar o outro. E mais, não existem mais pessoas diferentes.
Pode parecer fora de moda ou cafona, ou até mesmo idiota, mas a minha maior vontade, era ter nascido em uma época onde os sentimentos, as palavras e claro, as ações era mais importantes, eram pensadas e repensadas antes de qualquer coisa, numa era onde as pessoas podiam confiar e amar umas as outras sem qualquer medo do que podia acontecer depois. Porque nos dias de hoje o destino pra quem é assim, como eu, é feito de apenas lágrimas, sofrimentos e decepção acima de decepção, e esse tipo de coisa quando acumula de mais acaba fazendo uma pessoa que um dia era doce, se tornar a pessoa mais amarga, fria e vingativa. Por que de quantas maneiras um coração pode ser despedaçado e continuar batendo? Não muitas, não é? Nem a mais forte das pessoas agüentaria isso e continuaria da mesma forma que sempre foi.
Esses dias eu estava vendo uma série em que estão presentes alguns contos de fadas, Once Upon A Time, e a Branca de Neve por não aguentar sofrer por seu príncipe tomou uma poção para esquecê-lo, e após isso se tornou uma pessoa totalmente diferente, não parecia mais a Branca de Neve, nem a madrasta dela era tão amarga assim. Aquilo me fez refletir que é exatamente isso que acontece com as pessoas, por mais que seja uma obra de ficção, não deixa de ter um fundo de realidade. É por isso que no mundo de hoje existem tantas pessoas amargas e vingativas, querendo fazer mal umas as outras. As pessoas não nascem com o mal, o mal cresce dentro delas, a partir de acontecimentos da vida de cada um.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
♥Layout desenvolvido por por Marcella Kovacs todas as artes foram feitas por mim, exclusivas para o blog A GAROTA E O TEMPO. © 2013 • Powered by Blogger • Todos os direitos reservados • Melhor Visualizado no Google Chrome • NÃO COPIE PARCIAL OU TOTALMENTE O LAYOUT. Topo