Páginas

19 de out de 2013

Nas asas da imaginação


Da janela da van, a caminho para a faculdade observo as coisas ao meu redor. Há sussurros das pessoas que estão ao meu lado, mas não sei do que estão falando. Olho para o céu e vejo como as nuvens estão legais. Elas têm variadas formas, como se fossem espessas e feitas de algodão, prontas pra gente pular em cima ou deitar sobre elas para descansar. Parecem estar tão perto de mim, fazendo com que o céu seja possível de ser alcançado. Apenas uma ilusão, afinal ele está muito longe...

Sinto sono com o balanço da van percorrendo o asfalto. Melhor não dormir. Não posso perder as imagens que estão por vir e deixar que elas tenham significados impossíveis dentro da minha mente.

Há ainda nuvens esfumaçadas e negras. Daquelas que a gente olha e pensa “vai chover”. Que a gente sente toda uma energia negativa, e pensa que algo ruim está por vir, diferente das branquinhas que nos fazem ir além da imaginação.

Acabamos de passar por uma montanha sem grama. A terra vermelha toda exposta como se fosse uma montanha de sangue. Mas é apenas terra. E logo outra montanha cheia de cinzas, parecendo que houve uma guerra ali e as cinzas foram o que restaram. Cinzas... sangue.

Voltando as nuvens, agora vejo formas de ovelhas correndo de alguma coisa. Algo que representaria perigo a elas, que correm em direção a um lugar desconhecido. Milhares e milhares de ovelhas correndo das guerras que geram sangue e cinzas.


Uma igreja. Uma cruz. Casas. Asfalto. Montanhas, árvores e natureza. Tudo isso junto. E as ovelhas de nuvens estão desaparecendo. Aos poucos que o céu escurece e logo chego ao meu destino. E assim, tenho que dar um fim ao mundo mágico dos meus pensamentos por hoje. As ovelhas fugiram. A guerra acabou. E agora voltamos à realidade.

Por: Débora Delgado.

10 comentários:

  1. Além de belíssimo, muito bem escrito! Meus aplausos!
    GK

    ResponderExcluir
  2. Adorei!!

    http://papodemeninasaer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que lindo o texto, adorei!
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  4. esse texto ficou muito lindo
    beijos
    http://www.estilopropriobysir.com/

    ResponderExcluir
  5. Engraçado que a maioria dos textos que lemos por aí são de amor. Adorei sua ideia de fugir um pouco disso. Super criativo, parabéns!!
    Estou começando um blog onde pretendo colocar alguns textos meus, se puder, me visita
    http://corpurpura-milena.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
♥Layout desenvolvido por por Marcella Kovacs todas as artes foram feitas por mim, exclusivas para o blog A GAROTA E O TEMPO. © 2013 • Powered by Blogger • Todos os direitos reservados • Melhor Visualizado no Google Chrome • NÃO COPIE PARCIAL OU TOTALMENTE O LAYOUT. Topo