Páginas

18 de nov de 2011

Sem direção


O que fazer quando você não sabe mais pra onde ir? Quando você fecha as portas e nunca mais consegue abri-las?
É assim que eu me sinto agora.
Na verdade vazia. Sem uma direção a seguir, sem uma razão pra viver, pra continuar, pra seguir em frente. Sei que prometi a mim mesma não desistir, mas não sou tão forte assim, a dor está me matando aos poucos. Sinto vontade de derramar todas as lágrimas que puder, mas sei que elas não vão me ajudar em nada. Queria desaparecer até um tempo atrás, isso porque estava confusa. Agora que tenho certeza das coisas o tempo que fico sozinha é como se a cada instante estivesse perdendo minhas energias, quando alguém está por perto é como se eu estivesse dando um veneno a mim mesma, e quanto as suas palavras e atitudes... bem, é a mesma sensação de ser esfaqueada. Tudo isso dói. E muito. Você está me matando aos poucos e não tem ideia do sofrimento que isso causa. Já cometi muitos erros nessa vida, resultando um grande e forte medo. Um medo que não pude suportar e me escondi dele fechando todas as portas e me trancando em um mundo sozinho e vago. Agora que reuni forças para lutar contra ele não consigo abrir as portas. Já é tarde demais pra mim. Podia ter percebido antes e evitado isso. Mas as coisas têm sempre um momento certo pra acontecer. Porém, por que elas sempre acontecem quando já é tarde? Vejo em cada minuto que passa que pra você não importa o que eu faça e o quanto eu tente... arrependimentos são inúteis, lágrimas são inúteis, esses sentimentos agora são inúteis pra você, mas pra mim são como chumbo que pesam muito, e vai ter uma hora que eu não vou mais ter condições de sofrer e isso vai me esmagar, eu não vou mais conseguir levantar. Preciso encontrar um caminho agora, abrir as portas e encontrar uma direção a seguir, mas como vou fazer isso se você não sai da minha mente nem por um minuto do dia? Estou sufocando, não tenho mais forças, não sei mais a solução disso. Não adianta pedir pra esquecer, não consigo fazer isso, é tarde demais pra isso também, quando eu tenho a certeza de que gosto de alguém é algo verdadeiro e difícil de ser apagado, leva meses, aliás, anos... e cometendo os mesmos erros e passando pelas mesmas coisas de novo e de novo, e as coisas vão piorando cada vez mais e mais. E quando você perceber só vai existir o silêncio... e mais nada. Para sempre. Espero que você não perceba que também pode ser tarde demais pra você. Mas se não sentir mesmo minha falta vai ser melhor pra você. E eu estarei em algum lugar no meio do vazio, numa escuridão sem fim de uma forma como não terá mais formas de ser resgatada.

by Débora Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
♥Layout desenvolvido por por Marcella Kovacs todas as artes foram feitas por mim, exclusivas para o blog A GAROTA E O TEMPO. © 2013 • Powered by Blogger • Todos os direitos reservados • Melhor Visualizado no Google Chrome • NÃO COPIE PARCIAL OU TOTALMENTE O LAYOUT. Topo